Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Sábado, 7 de Dezembro de 2013
Dieter Dellinger: O Tio Chang Desapareceu

O Puto com os Generais

 

O tio Chang do puto Kim Jong, ditador dinástico da Coreia do Norte, desapareceu. Não é visto há mais de um mês. A televisão norte-coreana mostrou um vídeo em que o tio estava ao lado do puto a aplaudir qualquer coisa, mas a agência noticiosa da Coreia do Sul diz que esse vídeo já tinha passado nove vezes na televisão e deve ter mais de um ano. Referências ao tio Chang não aparecem nos jornais, rádios e televisão e consta que dois dos seus colaboradores mais chegados foram fuzilados por corrupção.

Parece que o tio Chang, casado com a irmã do pai do puto King, deverá ter ido para um campo de reeducação, pois apesar dos seus 68 anos de idade ainda não aprendeu tudo.


É duvidoso que tenha sido uma manobra do puto. Tudo indica que foram os generais que o puseram de lado, apesar do tio Chang ser vice-presidente do Comité de Defesa nacional, o órgão mais importante do País, correspondendo o título quase ao de vice-presidente do reino dos Kim.

Muitos comentadores falam de um golpe palaciano e silencioso e que o puto está prisioneiro dos militares, não mandando nada. Aparece sempre acompanhado por generais e marechais com os bonés gigantescos e todos a aplaudirem o grande líder, incluindo o próprio. Eles aplaudem-se sempre uns aos outros.

O tio Chang tinha sido o mentor do puto. No funeral do Kim Il, o tio ia atrás do sobrinho ao lado da imensa limousine russa que levava o féretro no tejadilho.

É verdade que o tio Chang advogava para a Coreia do Norte uma política semelhante à da China e vestia-se como os seus homólogos chineses, isto é, em bons fatos de corte ocidental feitos á medida e considerava os militares muito corruptos.

A principal exportação da Coreia do Norte é material militar, nomeadamente mísseis, centrifugadores para enriquecer o urânio ao nível militar e muita tecnologia. Os militares iam muito ao Irão onde ajudaram a construir 21 submarinos pequenos, mísseis de todo o tipo e a bomba. De lá vinham carregados de presentes valiosos.

O tio queria que fosse o Ministério do Comércio Externo a organizar as exportações e queria vender o trabalho dos seus súbditos a um preço abaixo do chinês para atrair investimento capitalista estrangeiro.


Agora teme-se um colapso do poder na Coreia do Norte, pois também na URSS foi uma tentativa dos militares que levou à dissolução do PCUS.

A Coreia do Sul teme que a China pretenda nesse caso entrar na Coreia do Norte e ocupar rapidamente as suas instalações nucleares, o que levaria o exército sul-coreano a tentar fazer o mesmo, tanto mais que os sul-coreanos consideram a Coreia como um território que só pode pertencer a coreanos.

Numa situação dessas, os EUA teriam de intervir para apoiar a Coreia do Sul, já que este país está mal equipado de material de guerra. A sua aviação é constituída por caças F-5 Tiger e F-4 Phantom extremamente antigos. O exército tem algum poder e a marinha tem submarinos do tipo dos portugueses de construção e desenho alemão.

Neste momento, a Coreia do Sul procura novos aviões, mas ainda não se decidiu pelo F-22 Raptor que levaria anos a receber ou pelos F-15 ou F-18 modernizados e extremamente poderosos e capazes de abater qualquer avião chinês que também levariam uns anos a serem fabricados. Os EUA não têm aviões novos para fornecer, pelo que só “Eurofighters EF 2000” alemães é que poderiam ser uma solução, pois a Merkel quer vender uma parte dos que a sua “Luftwaffe” recebeu há pouco tempo. Ela só quer euros e está a vender mais de mil tanques da reserva, os aviões Tornado e pode vender os mais novos. Os americanos querem garantir aquele mercado, mas a situação pode não permitir uns 5 a 10 anos para a entrega de várias esquadrilhas de quaisquer aviões novos de fabrico norte-americano.

Os “Eurofighters” apresentam alguns defeitos de juventude e muitos da “Luftwaffe” estão no chão com problemas diversos.

A China tem uma importante força militar perto da fronteira com a Coreia do Norte, mas ao entrar naquele país sem autorização americana ariscava-se a sofrer severas sanções económicas e ver milhares de fábricas que exportam paralisarem e perder biliões de dólares que tem em títulos de tesouro americanos e depósitos nos EUA. Esses dólares representam biliões de horas de trabalho e só servem para adquirir mercadorias no estrangeiro, nomeadamente produtos alimentares nos EUA, Brasil, Argentina, etc. e matérias primas como petróleo, minérios, etc. Os americanos ao emitirem moeda obrigam os chineses a ter de gastar os seus dólares ou perdê-los, o que aconteceria numa situação de guerra.


Uma crise nas exportações chinesas pode conduzir também a um colapso do regime ditatorial de partido único. Todas as ditaduras acabam mais dia menos dia e a chinesa não será exceção.



publicado por DD às 23:04
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

O Problema Português

Estado Português ou Chinê...

Os Fogos em Portugal

Portugal em Forma e Antón...

O "Crime" da EDP

Dieter Dellinger: BOAS NO...

Dívida Pública: Acordo BE...

Suicídio da Europa segund...

Marcelo Condecora Soares ...

Comissária Desconhecida q...

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds