Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Quarta-feira, 8 de Novembro de 2006
Peronismo

 

O Sr. Salgueiro - Presidente da Associação dos Bancos - acusou o Engenheiro Pinto de Sousa de ser um peronista.

Que grande elogio. Não porque o peronismo fosse algo de bom, mas por mostrar a RAIVA dos bancos às recentes medidas tomadas pelo Governo. Medidas que NINGUÉM tinha tido a CORAGEM de as tomar.

Também a RAIVA do Sr. Jardim é um elogio ao engenheiro, pois, pela primeira vez, alguém disse BASTA ao energúmeno da Madeira.

Dizem que o PCP ficou muito aborrecido pois perdeu um "cavalo de batalha".

O pequeno Marques Mendes saiu em defesa do soba insular acusou Pinto de Sousa de ser cobarde por não ter ido a  Felgueiras acusar a Felgueiras, esquecendo que a senhora foi corrida do PS e não foi a candidata do PS às últimas eleições autárquicas, pelo que o engenheiro nada tem que se meter com assuntos que estão em justiça e com as relações entre a senhora e o seu eleitorado que a elegeu, apesar das acusações que pendem sobre ela e a sua fuga e regresso do Brasil . E a lei das Finanças Locais aplica-se a todas as autarquias e também a Felgueiras; porque não, enquando o Mendes queria encolher as depesas do Estado e continuar a alargar as despesas da Madeira, como se o Governo regional não fosse também Estado.

Recordação: Muita gente esquece-se da Lei Nº 52-A/2005 publicada em Outubro de 2005 que acabou com todas as pensões vitalícias dos detentores de cargos públicos que até a esse mês do ano passado não tivessem completado 12 anos de serviço. Os vencimentos dos detentores de cargos púbicos passaram a ser abrangidos normalmente pela caixa Geral de Aposentações ou Centro Nacional de Pensões, contando como quaisquer outros salários.

A Constituição impede a retroactividade das leis, pelo que quem estava já a usufruir ou em condições de usufruir de uma regalia que os governos anteriores aplicaram não pode ver essa regalia ser retirada.
Por isso, há 382 beneficiários da lei anterior que auferem pensões vitalícias que prefazem uma média mensal de 1.428,57 Euros. A Lei 52-A/2005 acabou também com a acumulação de vencimentos e destes com pensões, excepto a terça parte e delimitou perfeitamente os vencimentos dos detentores de cargos públicos em percentagem do vencimento do PR. Ninguém criticou esses vencimentos porque não são excessivaente altos.

Ainda antes de ontem, o Ministro das Finanças declarou que auferia de um vencimento líquido com todas as ajudas de custo de 4.800 Euros mensais e que era menos de metade do que ganhava antes. Claro, os grandes economistas e juristas não vão para o governo ganhar dinheiro, mas sim com a paixão de resolver os problemas da Pátria; algo que, para muita gente, não há dinheiro que pague. Vale mais que a maior das fortunas do País.

O Sr. Salgueira não notou que todos os partidos, incluindo o seu, o PSD, e o CDS, acusavam o Governo de ir ao bolso dos mais pobres e deixar a banca ganhar milhões. Agora, chegou também a vez da banca e pondo a máquina fiscal a funcionar, esta vai a toda a parte. E não é verdade que as medidas do Governo se destinem só à banca, como mente o Salgueiro, mas sim a todas as empresas, até porque as habilidades da banca para desviar lucros passava por empresas de todos os ramos de actividade.

Se o Sr. Salgueiro se metesse num táxi e falasse de política com o condutor, a principal coisa que ouvia é qe o Governo só tira ás classes médias e deixa os bancos e grandes capitalistas ganharem o que querem.

Enfim, as medidas do Governo afectaram toda a gente e algumas com injustiça. Por exemplo, os reformados privados estão ver as suas reformas descerem por terem de pagar o IRS igual aos activos, quando as suas reformas são apenas 80% de um salário de referência que é a média dos melhores dez anos dos últimos quinze e agora até são mais anos até chegar à média de toda a vida.
Enquanto os Funcionários Públicos recebem uma reforma igual ao último salário sem o desconto de 11%, tendo sido introduzido um desconto de 5 ou 6% para ADSE. Não se justifica que um reformado do Estado receba mais de reforma que o salário que tinha e, ainda por cima, pague metade do IRS. O reformado não tem despesas de deslocação, apenas despesas de lazer se não souber fazer qualquer trabalho útil a qualquer entidade pública ou privada.

Enfim, Sócrates é um Homem com CORAGEM para tirar a todos alguma coisa, a fim de que os sacrifícios seja minimizados para cada um.

O Sr. Silva assiste ATÓNITO ao que nunca teve a CORAGEM de fazer como assistem com RAIVA e ADMIRAÇÃO todos os oposicionistas, incluindo dezenas de milhares de militantes do PS que não foram chamados para quaquer função.



publicado por DD às 14:54
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Dieter Dellinger: Origem ...

Aneuploidia Mutante

Macron quer uma Nova Euro...

O AfD é um partido da con...

Dieter Dellinger: O jorna...

Dieter Dellinger copiou: ...

Dieter Dellinger Copia Ar...

Cavaco Pio, Pio

Salários dos Trabalhadore...

Dieter Dellinger: O T-ROC...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds