Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Terça-feira, 5 de Dezembro de 2006
Salário Mínimo

http://www.dw-world.de/image/0,,408818_1,00.jpg

 

 

Sócrates conseguiu um notável êxito pessoal ao concitar um certo consenso entre todos os parceiros sociais quanto ao aumento do salário mínimo nacional para 403 Euros com previsão de aumento para 450 Eu daqui a dois anos e 500 daqui a quatro anos.

Ouvi na TSF as palavras do eng. Van Zeller a dizer que isso representava um desafio para a indústria, mas que esta seria capaz de o vencer e salientou, mais ou menos, que a questão dos baixos salários era um assunto para ser resolvido por todos. A UGT manifestou o seu pleno acordo e, pela primeira vez, que eu me lembre, o Carvalho da Silva da CGTP manifestou a sua concordância, dizendo que isto mostrava que as propostas da CGTP não eram irrealistas nem demagógicas. E acrescentou que a sua central defendia o salário mínimo de 500 Euros para daqui a três anos, mas enfim é para quatro e é necessário continuar a luta por salários mais altos.

Sócrates tem um sentido da gestão política e sabe coordenar uma política de austeridade em desfavor dos mais favorecidos e também tem a consciência que não pode contentar todos, mas não pára com as reformas que iniciou e que vão no sentido de um Estado com quase 300 organismos a menos e pessoal dirigente sem as regalias absurdas que muitos usufruíam (nem todos). Conseguiu acabar também com as mordomias dos administradores e gestores da CGD e do Banco de Portugal, tal como acabou com a dos políticos de Lisboa ou das autarquias.

Os reformados que são abrangidos pela igualização do IRS são apenas 180 mil de um universo de 2.250.000 que recebem pensões, ou seja, são 8%.

Como o engenheiro Pinto de Sousa sabe que não somos as Ilhas Fidji, enfrentou os militares, reduzindo o exército em 900 homens e a Força Aérea e a Marinha, cujos novos navios vão ter guarnições muito menores que os actuais, avançando no sentido de equiparação dos militares aos regimes da função pública, pois com forças militares profissionalizadas, só é militar quem quer e é justo que acabem todos os subsistemas que custavam imenso dinheiro e proporcionavam benefícios apreciáveis a pessoas que estão longe dos últimos escalões da pobreza em Portugal. Se fosse no tempo da I. República, já tinham saído para a rua, também com um Mendes Cabeçadas à frente, só que agora deve ser o neto do Cabeçadas do 28 de Maio.




publicado por DD às 20:40
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Os Fogos em Portugal

Portugal em Forma e Antón...

O "Crime" da EDP

Dieter Dellinger: BOAS NO...

Dívida Pública: Acordo BE...

Suicídio da Europa segund...

Marcelo Condecora Soares ...

Comissária Desconhecida q...

Produção de Automóveis

Défice de 2%

arquivos

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds