Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Sábado, 28 de Junho de 2008
Pessimismos???

 

 

 

 

            Há um ano atrás o preço do barril de petróleo rondava os 60 dólares e o euro pagava 1,3438 dólares. Hoje, o petróleo chegou praticamente aos 142 dólares, ou seja, mais 229% e o euro subiu apenas 17% para 1,5748 dólares.

            Se há um ano me tivessem perguntado como encararia o petróleo a 142 dólares com possibilidade de chegar aos 170 ainda este verão e aos 200 no fim do ano e, mesmo, aos 300 daqui a um ano, eu diria que as economias dos países não produtores estariam já em colapso e, em particular, a portuguesa.

            Apesar do pessimismo reinante, a realidade é que não assistimos ainda ao colapso das economias; na portuguesa diminuiu ligeiramente o desemprego, o PIB cresceu um pouquinho e até os automóveis viram as suas vendas aumentadas em 3,8% nos primeiros cinco meses do ano. Mesmo o tão propalado aumento dos preços dos bens alimentares não se verificou ao nível divulgado pelos meios de comunicação social. O Sr. Soares dos Santos, presidente do grupo Jerónimo Martins até afirma “Não vejo onde está a crise”. Além disso, em entrevista ao Diário Económico, Soares dos Santos diz não acreditar nos muito falados 20% de pobres, o que não é revelado pelas vendas nas suas lojas, muitas das quais estão situadas nas proximidades de bairros de realojamento, problemáticos e regiões esquecidas da província. As agências de viagem anunciam que os portugueses não reduziram muito as viagens de férias ao estrangeiro.

            Não há motivo para optimismos, mas espanta o facto de, pelo menos, até agora, as economias dos países não produtores terem aguentado muito mais do que qualquer pessoa admitiria há um ano atrás.

            Claro, as expectativas são sombrias e com excepção das indústrias de equipamentos para energias renováveis, não se sabe bem o que pode acontecer. A General Motors anunciou o fecho de quatro fábricas e, naturalmente, os fabricantes de viaturas de grande consumo estão a sentir quebras nas vendas.

            Segundo o “Energy Watch Group”, a produção mundial de petróleo atingiu já o máximo de 81 milhões de barris diários e em 2020 não será possível produzir mais de 51 milhões. Mas, para a “Agência Internacional de Energia”, a produção poderá então ser de 105 milhões de barris, considerando que os preços actuais estão a permitir a passagem da exploração a 2 km de profundidade para 4 km, naturalmente mais cara e mais arriscada, pois o falhanço numa perfuração significa uma enorme perda de capital.

            O nível dos protestos em Portugal foi limitado, apesar do trabalho de incitamento por parte dos partidos da oposição, a concertação social funcionou e o país não foi propriamente paralisado pelos camionistas e agricultores ou pescadores e hoje começa a ser compreendido pela população que há aqui um problema que vem de fora e é mundial, relativamente ao qual não há soluções imediatas. Só a nível da União Europeia pode chegar-se a qualquer remédio; nunca a nível de uma das mais pequenas economias europeias.

           

 



publicado por DD às 00:31
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Dieter Dellinger: Origem ...

Aneuploidia Mutante

Macron quer uma Nova Euro...

O AfD é um partido da con...

Dieter Dellinger: O jorna...

Dieter Dellinger copiou: ...

Dieter Dellinger Copia Ar...

Cavaco Pio, Pio

Salários dos Trabalhadore...

Dieter Dellinger: O T-ROC...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds