Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Segunda-feira, 28 de Julho de 2008
Na falta do Chefe, os Américas contentam-se com o Chofer

 

 

 

            A maior derrota dos EUA no pós-11 de Setembro consistiu na impossibilidade de deter Osana Bin Laden ou o seu chefe de Estado-Maior e estratega Ayman al-Zawahiri. Os americanos não conseguiram prender igualmente nenhum dos membros do verdadeiro círculo interior de Osana com os quais combinava estratégias e delegava comandos e logística de acções terroristas.

            Na falta disso, o presidente Bush cobriu-se de ridículo, juntamente com o seu gigantesco aparelho militar, policial e de espionagem como o FBI, CIA e outras organizações, incluindo os serviços diplomáticos, totalizando muito mais de um milhão de pessoas.

            O ridículo foi levar a tribunal, ao fim de mais de seis anos de investigação e interrogatórios com torturas em Guantanamo, o chofer de Bin Laden, o iemenita Salim Hamdan, um homem com quatro anos de instrução primária numa Madraça sem conhecimentos de inglês ou geografia mundial, etc.

            Ficou provado que Salim conduzia de vez em quando a viatura de Osana e fazia pequenos trabalhos de mecânica sem possuir cultura e inteligência suficiente para delinear a estratégia intercontinental que conduziu ao 11 de Setembro.

            O iemenita foi preso no Afeganistão depois de ter levado a mulher grávida e os filhos para o Paquistão e regressado só à cidade de Kandahar. Acabou por ser preso pelas forças pró-americanas da Aliança do Norte do Afeganistão e entregue aos americanos. Em Maio de 2002 foi levado para Guantanamo num avião que, quase de ceteza, se reabasteceu no Açores como todos os aviões ao serviço da CIA.

            Passou seis anos a ser maltratado e interrogado. Grande parte do tempo em células solitárias por se negar a dizer aquilo que torturadores da CIA queriam que dissesse. Até lhe propuseram confessar que tinha participado na organização do 11 de Setembro quando, na verdade, só teve conhecimento do atentado na altura em que as televisões do Mundo relataram o evento.

            Sabe-se pela vida dos participantes no atentado que aquilo foi organizado com muita antecedência, mesmo anos antes. Provavelmente antes mesmo de Salim estar ao serviço de Bin Laden.

            Em 1996, ele partiu do Iémen para o Afeganistão e algum tempo depois ouviu Bin Laden a falar de um ataque aos EUA, mas nunca chegou a ter conhecimento em que consistia esse ataque e se Bin Laden já teria planeado o ataque ou se os suicidas que estavam nos aviões que embateram contra as Torres Gémeas tinham algo a ver com Osana Bin Laden. A ligação entre o grupo que estava nos EUA e saiu da Alemanha e outros países com Bin Laden nunca chegou a ser cabalmente provada.

            O ridículo americano ultrapassa tudo o que se possa imaginar. Toda a gente está de acordo que Hitler foi um monstro, mas, mesmo assim, não se condenou o seu chofer ou as suas secretárias. Uma delas chegou a publicar um livro com as suas memórias na relação com o ditador e nem chegou a ser presa.

            Agora, os americanos levam a tribunal um homem inculto sem nenhuma preparação para oficial de Estado-Maior ou estratega e transformado num verdadeiro farrapo humano, pois os maus tratos que sofreu deram-lhe cabo da saúde.

            Salim vai a tribunal porque parece ser a única pessoa que apanharam com verdadeiros contactos com o Bin Laden, mas nunca conseguiram apanhar o chefe ou os seus “generais”, apesar das avultadas quantias oferecidas.

            Não conseguiram porque não convenceram a população do Sul do Afeganistão a colaborar por uma razão muito simples, é que não conseguiram derrotar os talibãs que se refugiaram nas montanhas e depois entre os habitantes do Afeganistão e Paquistão, pelo que intimidam por um lado e, por outro, têm demasiados adeptos. Provavelmente também porque ninguém deve saber qual a relação entre os talibãs e os suicidas das Torres Gémeas. E há quem diga que esses suicidas não terão existido sequer.

           

 



publicado por DD às 16:18
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Os Fogos em Portugal

Portugal em Forma e Antón...

O "Crime" da EDP

Dieter Dellinger: BOAS NO...

Dívida Pública: Acordo BE...

Suicídio da Europa segund...

Marcelo Condecora Soares ...

Comissária Desconhecida q...

Produção de Automóveis

Défice de 2%

arquivos

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds