Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Sexta-feira, 15 de Agosto de 2008
Rendimento Social e Pobreza em Portugal

 

pobreza na Alemanha

 

 

O Expresso conseguiu encher duas páginas inteiras sobre o Rendimento Social de Inserção com casos de pessoas e a informação de que 334 mil pessoas vivem de subsídios, mas nada diz sobre o que é verdadeiramente o RSI e quais os montantes tidos como rendimentos que as pessoas devem auferir como mínimos.

O Semanário de Balsemão informa que o Estado paga em média 231,23 Euros por família e 88,08 por pessoa, o que são valores extremamente baixos que nos dariam a ideia que seriam esses os mínimos reais e nos encheriam de vergonha.

Na verdade, a Lei 53B/2006 instituiu o “Indexante de Apoios Sociais” (IAS) que substituiu a “Retribuição Mínima Mensal Garantida” (RMMG) e que no Orçamente deste ano foi atribuído o valor mensal de 407,41 com duas prestações adicionais por ano. Isso de 14 salários ou prestações é coisa muito rara na Europa.

O Artigo 10 do RSI atribui a uma família um IAS por cada um dos dois adultos e 70% do mesmo por cada outro indivíduo maior que pode ser filho ou pai ou mãe de um dos membros do casal, por exemplo, e 50% por cada filho menor.

Assim, uma família normal com dois cônjuges e um filho teria direito a um rendimento mensal ilíquido de 1.018,52 euros e com dois filhos a 1.222,22 euros. E sem filhos a 814,82 euros. Estes valores são inferiores ao limiar da pobreza verdadeira, seriam antes valores limites entre a pobreza e a miséria, mas, mesmo assim, foram muito criticados pela direita e Bagão Félix elaborou a lei de modo a considerar como indexante, ou valor da prestação máxima por adulto, a Pensão Social que na altura andava pelos duzentos e tal euros e teria ficado por aí se não estivesse no poder o PS.

No mesmo jornal Expresso (Economia) vem a queixa de um industrial de sapatos que não consegue os 15 trabalhadores de que necessita, especializados em montagem e costura de sapatos, a quem pretende pagar um salário bruto de 600 Euros que é capaz de dar uns 530 euros líquidos mais coisa menos coisa. Claro que o desemprego em Portugal não é tanto que permita encontrar especialistas em qualquer ramo de actividade a 600 euros mensais. O Expresso coloca o limiar da pobreza de uma família com dois filhos nos 768 euros mensais, que eu diria ser o limiar da extrema miséria. Assim, o industrial Joaquim Moreira da empresa Felmini de Felgueiras quer mesmo pagar salários de extrema miséria e a besta ainda se queixa que ninguém quer trabalhar para ele, o explorador ganancioso.

Numa situação de salário de 600 euros; se os dois elementos do casal forem trabalhar para a fábrica, teriam eventualmente direito a um pequeno apoio, mesmo sem filhos, e com filhos a mais se os abonos de família não cobrirem as diferenças, mas se for só um elemento a trabalhar, então o Estado terá de entrar com alguns 600 a 700 Euros ou coisa que o valha ou mais conforme o número de filhos. O Expresso coloca o limiar de pobreza de uma família com dois filhos nos 768 euros mensais; antes limiar da miséria extrema. Claro, a maior parte das famílias em situação de grande pobreza vive em casas sociais em que paga rendas mínimas e que correspondem a um acréscimo de rendimento real de 250 a 500 euros conforme a tipologia do apartamento.

Bagão Félix deixou na sua lei uma injustiça que não foi reparada pelo actual governo que é a do RSI terminar nos 65 anos. É certo que há pensões sociais e apoios diversos para pagamento de renda de casa, mas talvez o valor do RSI devesse coincidir com o valor indexante para quem esteve inscrito na Segurança Social e descontou, pelo menos, quinze anos.

O problema da pobreza tem a ver com os baixos salários, por um lado, e algumas situações de vida resultantes de deficiências de saúde ou simplesmente de sociabilidade ou inserção social. Para estas últimas há cursos e esforço estatal para conseguir empregos e inserção, mas nem sempre com êxito como revela o Expresso nalguns exemplos.

 

Portugal tem 18% de pobres contra 16% na Europa, o que contrasta com as diferenças do PIB ou RNB (Rendimento Nacional Bruto), já que a diferença em termos de pobreza é de 12,5% mais que a média europeia e o PIB é inferior em mais de 25% e o RNB em mais de 32% e é este último indicador que conta mais, já que é o PIB expurgado dos rendimentos transferido para o exterior menos os que vieram de fora. Isto pode significar que os rendimentos em Portugal estão mais distribuídas, mesmo que a diferença entre o homem mais rico e o mais pobre seja muito grande. Mas, na Alemanha, por exemplo, a riqueza de um Amorim é quase uma pobreza comparada com o que tem  a família proprietária da VW e da Porsche ou a da BMW, empresas que quase ultrapassam o PIB português.

 

PS:

Artigo 10.º
Montante da prestação do rendimento social de inserção

1 - O montante da prestação do rendimento social de inserção é igual à diferença entre o valor do rendimento social de inserção correspondente à composição do agregado familiar, calculado nos termos do n.º 2, e a soma dos rendimentos daquele agregado.

2 - O montante da prestação a atribuir varia em função da composição do agregado familiar do titular do direito ao rendimento social de inserção e de acordo com as seguintes regras:

a) Por cada indivíduo maior, até ao segundo, 100% do montante da pensão social;    (407,41 x 2 = 814,82) – colocado pelo autor do blog.

b) Por cada indivíduo maior, a partir do terceiro, 70% do montante da pensão social; (285,12)

c) Por cada indivíduo menor, 50% do montante da pensão social; (203,70)

família com 1 filho = 1.018,52 / com 2 filhos = 1.222,22

d) Por cada indivíduo menor, 60% do montante da pensão social, a partir do terceiro filho. (244,45)

 

 



publicado por DD às 19:16
link do post | comentar | favorito
|

9 comentários:
De Antonio Silva a 26 de Agosto de 2008 às 22:40
Gostei da sua exposição, mas não basta.
É preciso intervenção.
Esta Felmini precisa de receber em massa cartas pelo correio e mail a denunciar esta questão, porque eu tenho a certeza que dentro desta fabrica não paga em média 600 € aos funcionários do fabrico.


De DD a 27 de Agosto de 2008 às 14:01
Obrigado pelo comentário.
Tem razão, há que denunciar essas situações que são muitas e que levam muita gente a dizer que os desempregados não querem trabalhar. Sim, não querem trabalhar quase à borla e ninguém o quer.
Saudações Cordiais
DD


De claudia a 17 de Novembro de 2008 às 23:24
ola, li atentamente tudo que escreveu, mas gostaria de entender de uma forma sucinta, os art 10, exactamente os valores ai descritos. pois eu sou uma mae solteira com dois filhos( 5 anos...2 meses) desempregada, e junto com o abono vem o valor de 407,41 euros, a que se referem?

aguardo uma resposta

os meus cumprimentos


De DD a 18 de Novembro de 2008 às 21:40
Cara Claudia,

Em princípio deveria receber um total de 814,81 euros a aumentar a partir de Janeiro, portanto, esse valor menos os dois abonos de família e o subsídio de desemprego porque o RMI é o mínimo que cada pessoa ou família deve receber, contando com outros rendimentos.

Desejo que arranje depressa emprego mais bem remunerado.
Cumprimentos


De Alguém que gosta de trabalhar a 11 de Setembro de 2009 às 13:06
Realmente isto de trabalhar com o ordenado mínimo não faz sentido nenhum. Vamos mas é todos para a segurança social pedir o rendimento minímo. Depois as empresas vão ser obrigadas ou a aumentar os ordenados para ter trabalhadores ou a fechar as portas. Ora se aumentarem os ordenados muitas empresas fecham as portas ou então mandam mais trabalhadores para a rua. Se calhar é melhor fecharem todas as empresas com o ordenado mínimo e mandarem tudo para o desemprego. Quando não houver dinheiro para pagar isso tudo vende-se o país, ou então põe-se a classe média a pagar ainda mais impostos. Excelente ideia!


De celia costa a 3 de Setembro de 2010 às 14:10
ola boa tarde. gostaria que me dessem uma informaçao, se possivel. eu estou a trabalhar a part-time ganho um ordenado de 250 euros por mes. estou farta de procurar outro trabalho e nada, ate já meti anuncio no setubalense. o meu ordenado nao xega para o mes todo e eu sou sozinha mas (com as despesas e a comida, agua, luz, etc... nao dá). gostava de saber se eu pedisse ajuda á segurança socil para um apoio de uma prestaçao mensal, se era aceite ou recusada a ajuda? obrigada. se possivel respondam para o email.


De rui costa a 12 de Julho de 2011 às 03:57
Queria q me esclarecesse uma dúvida, estou ha mto tempo desempregado e com agorafobia vivo com os meus pais reformados e hoje vou tentar concorrer ao subsidio sri mas nao estou incrito n centro d eemprego, visto que tou sob medicação e consultas em varios médicos e numa luta terrivel para sair de casa? será q serei aceite mesmo nao estando inscrito n cemprg e será q vão valorizar o estado de doença prolongada?

cumprimentos!


De fredrick a 19 de Novembro de 2016 às 23:01
Você está procurando um empréstimo de negócio? Empréstimo de casa, empréstimo de carro, empréstimo de estudante, empréstimo de consolidação de débito, empréstimos não garantidos, capital de risco, etc .. Ou você foi recusado um empréstimo por um banco ou uma instituição financeira por qualquer motivo. Somos credores privados, emprestando a empresas e indivíduos em uma taxa de juros baixa e acessível de 2% taxa de juros. se estiver interessado? Entre em contato conosco hoje (fredrickpetersonloan@gmail.com) e obtenha seu empréstimo hoje
Saudações,
Equipe de investimentos de Fredrick Peterson


De Domingos Ferrari a 16 de Março de 2017 às 15:42
Eu tenho o meu cartão de ATM já programado e em branco para
Retirar o máximo de US $ 50.000 MENSAL para um máximo de 12 MESES. Estou tão feliz por isso porque eu tenho o meu na semana passada
E eu tenho usado para obter $ 150.000 já. Georg Bednorz Hackers está dando
O cartão apenas para ajudar os pobres e necessitados, embora seja ilegal, mas
É algo legal e ele não é como outro golpe que finge
Para ter os cartões de ATM em branco. E ninguém é pego quando
Usando o cartão. Obtenha seu de Georg Bednorz Hackers hoje! Basta enviar um e-mail
Para georgbednorzhackers@gmail.com$


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
29

30


posts recentes

Dívida Pública: Acordo BE...

Suicídio da Europa segund...

Marcelo Condecora Soares ...

Comissária Desconhecida q...

Produção de Automóveis

Défice de 2%

IMPOSTOS

Cronologia da PT deturpad...

Schäuble quer Dominar a E...

Euro ou "Bitcoins" Portug...

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds