Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Sábado, 19 de Novembro de 2005
A Droga - O Grande Flagelo
drugdog.jpg



A droga com o seu tráfico, a sua criminalidade e o preverso desvio calculado de menores para o consumo é o ponto fraco de toda a justiça portuguesa e revela uma incapacidade da PGR, PJ, TIC, etc., no mínimo, igual à das congéneres estrangeiras, sejam europeias ou de outros continentes. A droga sustenta também muito terrorismo e guerras nos mais diversos países.



Os jovens de 16 a 18/19 anos que vão às boites das docas ou de Alcântara são introduzidos no consumo mesmo sem o saberem. Alguém mete qualquer coisa num copo ou garrafa de sumo e começam a sentir-se de outra maneira e acabam por gostar. Não há SIS, PJ a vigiar discretamente a actividade dos traficantes nas boites e a conivência de criados, patrões e seguranças das mesmas.



Depois há o tráfico que cada vez é mais sofisticado. É de droga desembarcada em Portugal que vai para Espanha e resto da Europa e é o contrário, incluindo a importação de Ecstasy e outras "novidades" da Holanda.



Sempre que a PJ ou a PSP/GNR prendem uma rede de traficantes com droga, armas, artigos roubados, etc. cai um expesso véu de silêncio sobre os nomes dos mesmos, ao contrário do que sucede com os políticos,cujos telefonemas saiem da Produradoria da República com toda a impunidade.



A PJ faz a exposição da droga apreendida, das armas, dinheiro e artigos roubados. Depois nunca mais sabemos de julgamentos nem quem são as pessoas envolvidas, a não ser que haja alguém ligado à política, mesmo apenas em termos familiares como o filho da Leonor Beleza, recentemente libertado porque ameaçava contar tudo o que sabia, incluindo os nomes dos traficantes que foram presos ao mesmo tempo que ele e as pessoas conhecidas que se drogam. Algumas aparecem na televisão e vê-se pelo brilho nos olhos que, pelo menos, snifam.



Que traficantes seriam? Que importância têm? Porque se guarda tão rigorosamento no segredo os seus nomes e não se fez o mesmo para o filho da Leonor que na rede parece que seria o mais pequeno dos traficantes ou apenas um consumidor que, de vez em quando, vendia uma ou outra dose a amigos.



E pior. Nunca mais sabemos o que se passa com a droga apreendida.



A droga entra em Portugal de todas as maneiras. Os principais meios estão ser os barcos de pesca que a apanham ao largo. Os pescadores que apanham o polvo em alcatruzes pescam muita droga nos referidos recipientes abertos. Uns colocam lá a droga e outros trazem-na para terra.



Depois, muita droga vai para fora. Aí estão envolvidos os riquíssimos "comerciantes" de fruta da zona de Torres Vedras, Lourinhã, etc. A droga dentro de um camião de fruta ou produtos hortícolas não pode ser farejada pelos cães especializados da GNR.



O sigilo bancário protege esses "comerciantes" riquíssimos que transportam o pó para toda a Europa e trazem algum para cá.



Sempre que surgem no Mercado Português, frutas e outros produtos agrícolas muito baratos oriundos de Espanha, é droga o motivo do transporte e as frutas ou tomates e cenouras são só o disfarce. Basta saber quanto custa o produto a produzir e a transportar para saber que ninguém faz negócio para perder dinheiro, a não ser que sirva para dissimular outro mais lucrativo.



Os holandeses exportam o seu "ecstasy" disfarçados nas covetes de plantas de viveiro, nas saquetas de bolbos de flores e sei lá que mais.



Os brasileiros colocam a droga no interior de troncos de árvores que exportam para Portugal e outros países.



Um conhecido capitalista da nossa praça chegou a meter droga num chamado isotanque carregado de um óleo para transformadores que deveria ser mantido a uma dada temperatura. O tanque foi descarregado na Holanda e veio para Portugal em camião TIR, tendo a polícia holandesa informado a PJ que desconfiava que aquele tanque vindo da Venezuela continha droga. Isso foi há uns dez anos atrás e nunca houve julgamento.



E há maneiras novas de trazer droga do Brasil. Vem em recipientes com peixes tropicais. A droga é dissolvida na água, mata os peixes, mas depois o recebedor decanta o líquido e seca a droga. Ninguém percebe que a droga está dissolvida na água.



Enfim, a droga tornou-se num dos flagelos do Mundo moderno e está a afectar todos os países sem que as autoridades consigam debelar o problema. Torna-se num drama para as famílias e destrói a vida de milhares de jovens.



Nas prisões, a droga entra e circula com toda a impunidade; naturalmente porque alguém a mete lá dentro e são os guardas que a trazem ou que fecham os olhos quando as empresas privadas de "catering" vão levar a comida para as prisões.



Acredito cada vez mais que as gerações mais novas vão viver menos que os actuais reformados. Fazem asneiras a mais.




Dsotto



publicado por DD às 22:36
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Dieter Dellinger: REESTRU...

Salário Médio dos Portugu...

Putin: O primeiro Czar de...

CADERNOS DE E CONOMIA Nº ...

Dieter Dellinger escreve:...

Dieter Dellinger: Origem ...

Aneuploidia Mutante

Macron quer uma Nova Euro...

O AfD é um partido da con...

Dieter Dellinger: O jorna...

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds