Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Sexta-feira, 29 de Março de 2013
Sócrates Escutado?

No canal por cabo ETV (Economia) que não sei a quem pertence, um tal Vassalo de nome e de não sei quem fez um ataque cerrado a Sócrates, referindo principalmente o fato de a economia em 12 anos ter crescido a uma média de 0,5% ao ano, esquecendo que Sócrates governou 6 anos e que só a partir da crise de 2008 é que as condições pioraram. Mas, o homem não referiu a queda do PIB em 2011 e, principalmente em 2012 que foi de 3,2%, havendo previsões para uma nova queda este ano que uns dizem ser de 2,2%, mas que toda a gente acredita que a queda será ainda maior que em 2012. Tudo indica que o atual governo vai provocar em três anos uma queda de uns 7 a 8% ou mais, o que é bem diferente do que crescer a 0,5% ao ano.

 

A política de Sócrates foi a de preparar o País para o desenvolvimento futuro com infraestruturas, recuperação de um secular atraso na instrução e preparação técnica e científica e criação de novas oportunidades de conhecimento para os mais adultos e avançados em idade que não tiveram acesso ao ensino na sua juventude. Estas políticas preparatórias não fazem crescer o PIB no imediato, mas deveriam dar um resultado positivo e não deram como também não deram após a política de regeneração de Fontes Pereira de Melo e progressista do partido do Duque de Loulé que dotou o País de caminhos-de-ferro, instalou escolas e institutos industriais e comerciais, escolas de engenharia superior, laboratórios de investigação sanitária, hospitais, etc.

 

Nos dois casos, parece que o Portugal ficou só a olhar para os comboios e para as autoestradas.

Quem conhecia mesmo o País foi o Marquês de Pombal que fundou empresas e colocou o Estado a empreender. A desgraça para Portugal foi que a nobreza em torno de D. Maria I fez tudo para anular a política do marquês em vez de lhe dar seguimento, A partir daí o Estado começou por ser apenas um parasita a dar concessões a troco de uns cobres e depois no Século IX passou a liberal, julgando que a partir de condições apropriadas apareceriam os empresários para investir.  Com Salazar voltou-se ao modelo de concessões ou condicionalismo económico sem grandes resultados e agora ao liberalismo com base em condições de base adequadas, mas com o defeito de terem sido caras e só podem ser pagas se houver empreendedores que não sejam apenas merceeiros como o Santos e o Belmiro. Com grandes mercearias não vamos a nenhum lado.

 

Claro, os portugueses têm a desculpa de o desenvolvimento dos outros países se ter baseado em condições naturais ou na vontade de fazer guerra.

 

Ao ouvir Cavaco antes de Sócrates falar, parece que o PR respondeu à letra antes da entrevista dada por Sócrates. Um jornal disse que o ex-PM falou com vários dos seus ex-colaboradores e que terá discutido com eles aquilo que iria dizer. Aparentemente Cavaco terá tido conhecimento dessas conversas e tudo me leva a crer que os telefones de Sócrates e dos seus antigos colaboradores estão sob escuta e foi por isso que o Anibal disse que nenhuma intriga política e não sei o que mais acresce um cêntimo à economia nacional.



publicado por DD às 23:39
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


posts recentes

Mário Centeno: O que caus...

Faaleceru o HOMEM da Libe...

Paulo Silva – O Caçador d...

A Europa tem Medo dos Muç...

Dieter Dellinger: Estalin...

Dieter Dellinger: Portuga...

Dieter Dellinger: A Obesi...

Trump vai nomear um Gover...

Dieter Dellinger copiou: ...

Arnaldo Matos acerca de G...

arquivos

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds