Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Sábado, 26 de Novembro de 2016
A HERANÇA DE OBAMA

 

 

Obama deu uma excelente entrevista à revista alemã "Der Spiegel" em que as perguntas principais versavam o tema da "Herança de Barack Hussein Obama".

O presidente em fim de mandato não perdeu a sua desenvoltura nem da sua imensa capacidade para o domínio da oratória e da escrita em inglês.

Obama considera que o essencial do seu trabalho e o que deixa aos vindouros está já esquecido e foi a forma airosa como fez passar os EUA pela crise de 2008, a qual, apesar de ter surgido na pátria de Obama, continua a não ter solução à vista na Europa e não é aqui mais graves porque deixou há muito de ser crise nos EUA.

De algum modo, Obama salvou o Mundo de uma profunda depressão económica que seria muito pior que a de 1929/30. Foi graças a Obama que os países do G-20 viram as suas economias estabilizadas.

Obama estudou a crise de 1929 e não seguiu o rumo da poupança como foi feito na altura pelos presidentes americanos, salvo Roosevelt que apareceu um pouco mais tarde. Obama salvou principalmente as duas gigantescas empresas mundiais Ford e GM e alguns bancos, emitindo dólares. O resultado não foi inflação nem deflação e o desemprego começou a decrescer.

Obama deixa agora uma América com cerca de 4,8% de desempregados que é um dos números mais baixos entre as grandes nações e 73 meses de crescimento económico continuado e sem interrupção com um pouco menos pobreza e disse, "quando entregar as chaves ao novo presidente deixo um país muito mais forte que quando entrei em funções". Claro, tudo isso está já esquecido e muitos americanos não notaram que surgiu uma nova economia em detrimento de uma velha. É sempre assim, na economia como nas pessoas, uns vão embora e outros vêm.

Por outro lado criou um sistema de saúde, o Obama care, que permite a uns 20 milhões de americanos não morrerem por não terem dinheiro para pagar cuidados médicos. Além disso regulamentou os seguros de saúde de modo a evitar abusos como expulsão em caso de doença grave ou não aceitação a partir de certas idades ou com determinadas doenças.

Obama não se meteu em mais guerras e conseguiu levar o Irão a não construir armas nucleares pelo simples trabalho diplomático e acha que será uma grande asneira não respeitar os acordos firmados.

Lamenta não ter fechado Guantanamo, mas recebeu aquilo com mais de 700 presos e agora há lá uns 60, havendo conversações com certos países árabes para os receber.

Obama aceitou e lutou pelo acordo de Paris sobre o clima que envolveu 200 nações, pelo que seria criminosa a saída dos EUA, um dos maiores poluidores, o que levaria a China, a Índia e muitas outras nações fazerem o mesmo.

Disse ainda Obama, "os fabricantes de automóveis nos EUA produzem carros muito menos poluidores que há uns anos atrás e as indústrias de produção renovável de eletricidade estão em franca ascensão".

O futuro ex-presidente elogia, por um lado, a aliança firme e continuada dos EUA com a Europa Ocidental, temendo que seja posta em causa pelo futuro presidente e lamenta também não ter conseguido convencer o Congresso para legislar a proibição de armas pessoais. Aí, Obama recordou o terrível massacre na escola básica de Sandy Hook em 2012 em que foram assassinadas 20 crianças de seis e sete anos de idade. Os apologistas das armas são coniventes e devedores aos pais das crianças mortas e feridas.

Obama salientou ainda que a democracia está em perigo em todo o Mundo devido à ação dos populismos, cujos objetivos são suscetíveis de criarem tremendas crises e incompatibilidades entre nações.

 



publicado por DD às 18:10
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Os Fogos em Portugal

Portugal em Forma e Antón...

O "Crime" da EDP

Dieter Dellinger: BOAS NO...

Dívida Pública: Acordo BE...

Suicídio da Europa segund...

Marcelo Condecora Soares ...

Comissária Desconhecida q...

Produção de Automóveis

Défice de 2%

arquivos

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds