Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Segunda-feira, 2 de Maio de 2016
O EO1 - O minicarro Elétrico Português

 

 

 

O E01 é um microcarro elétrico português. Foi concebido por Emanuel Oliveira durante a sua tese de mestrado em Engenharia e Design de Produto da Universidade de Aveiro e o seu autor destaca a estrutura do veículo como principal inovação.

No E01, o chassi e a carroçaria são uma peça única. Uma espécie de exosqueleto cuja ideia foi inspirada nas “cascas” dos crustáceos. Para além disso, este automóvel elétrico foi pensado para ser produzido com o mínimo de recursos possível, olhando à sustentabilidade da sua produção, que é, assumidamente, uma das metas para o projeto.

“Um dos objetivos a longo prazo desta investigação era precisamente a viabilização da mesma [da comercialização]”, revelou Emanuel Oliveira.

Em foco, esteve também o objetivo de criar um carro para a cidade, “desde a possibilidade de transportar quatro pessoas ao rebatimento dos bancos traseiros, permitindo o aumento do espaço destinado ao acondicionamento de carga, todos os aspetos foram pensados para se criar um veículo de caráter utilitário urbano para utilizações em curtas e médias distâncias”, disse o português.

Quanto à possível concorrência, o engenheiro assume que “é forte” no segmento de mercado onde o E01 se insere. No entanto, Emanuel Oliveira considera que, das outras propostas existentes, que vão do Smart Fortwo ao Renault Twizzy e mesmo até aos “mais informalmente conhecidos […] papa-reformas”, todas têm falhas “ora pelo elevado preço, ora por razões de segurança e versatilidade, ou até mesmo por questões estéticas,”

“Em termos estéticos, a proposta revela-se diferenciada da concorrência dada a sua simplicidade formal, a sensação de segurança e as amplas superfícies vidradas, que modificam por completo não só o aspeto, como ainda o ambiente no interior do veículo”, garantiu.

Sobre a possibilidade de Portugal querer fazer parte da indústria dos automóveis elétricos, o autor disse que seria “necessário investimento financeiro” já que o “know how está assegurado” por investigações como esta.

O Veeco, o primeiro carro elétrico português, pretendia começar a produção este ano e os interessados à data do lançamento esgotaram rapidamente a capacidade de encomendas para 2016.

NOTA: A viatura parece ter painéis fotovoltaicos no tejadilho, o que seria extremamente interessante num país como Portugal com muito sol e em que o utente pode deslocar-se para o trabalho e deixar o carro parado durante as horas de mais sol do dia até regressar a casa ou ir à praia com as baterias a serem carregadas pelos painéis. Na minha opinião, o futuro do carro movido a eletricidade depende da organização empresarial de um sistema de troca de baterias. O utilizador do carro não compra as baterias; simplesmente aluga-as e estas poderiam ser trocadas em qualquer bomba de gasolina rapidamente, sendo horizontais e amovíveis como se fossem em gavetas que se abre para tirar a bateria descarregada e colocar outra, havendo uma bateria mais pequena de urgência para a viatura se deslocar ao próximo posto de abastecimento e que produzisse um sinal sonoro contínuo para advertir o condutor e que seria alimentada pelos painéis fotovoltaicos

 



publicado por DD às 22:40
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
29

30


posts recentes

Dívida Pública: Acordo BE...

Suicídio da Europa segund...

Marcelo Condecora Soares ...

Comissária Desconhecida q...

Produção de Automóveis

Défice de 2%

IMPOSTOS

Cronologia da PT deturpad...

Schäuble quer Dominar a E...

Euro ou "Bitcoins" Portug...

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds