Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Terça-feira, 8 de Setembro de 2015
O PS e o PCP mais BE. Qual a diferença?

 

 

Ouvindo e lendo os programas do PCP e BE não vejo grande diferença com as propostas do PS, salvo os insultos do Jerónimo e da Martins.

Efetivamente, PS, PCP e BE defendem a escola pública, a segurança social sem o roubo dos 600 milhões de euros e com a eventualidade de repor algo do foi cortado, o serviço nacional de saúde que, de resto, é uma criação do PS e todos somos a favor de uma político de emprego e crescimento económico, mas aí entramos no domínio financeiro que requer muita habilidade e conhecimento para encontrar soluções. Também somos contra as privatizações dos setores públicos, principalmente a custos quase zero como tem acontecido.

Fora disto, ouvi hoje o Jerónimo do PCP na TSF com vários insultos ao PS e com a afirmação de que defende a saída do euro, mas que se trata de um processo com debate entre políticos e o povo português. Jerónimo reconhece que não se trata de um processo fácil e recusa um plebiscito sobre a saída porque, obviamente, no dia seguinte toda a gente ia levantar os seus euros se o resultado fosse favorável à saída do euro com o inerente colapso da economia ou mesmo ainda antes do plebiscito. Mas, Jerónimo sabe bem que a probabilidade de os portugueses aprovarem a manutenção do euro seria superior a 80%.

Além disso, teria de se encontrar uma solução para a dívida e a Europa não iria obedecer à voz de comando do Jerónimo.

O PCP criticou a entrada no euro, o que é uma opinião tão válida como a contrária. Fora do euro, a moeda pode desvalorizar como a da Ucrânia, por exemplo. Li há dias no jornal “Frankfurter Allgemeine Zeitung” que o governador da província ucraniana de Mariopol ganha 254 euros depois de convertida a moeda do seu país para euros. Por isso, acredito que o ordenado mínimo é capaz de ser 50 euros mensais ou menos. Claro, relativamente aos produtos locais, a Paridade de Poder de Compra não corresponde a esses valores, mas quanto às importações será bem diferente. Por exemplo um computador barato poderá custar aqui 390 euros correspondente a 7 ou 8 ordenados mínimos da Ucrânia, o que será como se fosse 3.500 a 4.000 euros para um português.

Na exportação, não parece que os ucranianos ganhem muito, pois os seus aviões Antonov não se vendem em parte alguma nem muitas das armas que fabricam ou outros produtos.

Praticamente, as moedas de baixo valor só servem para explorar todos os trabalhadores sem exceção quando estão ao serviço das empresas dos grandes países capitalistas como a romena Dacia da Renault, a Skoda da VW, etc.

Claro, a República Checa que faz fronteira com a Alemanha exporta muito o serviço de prostituição. Ir às checas tornou-se palavra de ordem no sul da Alemanha como também ir beber cerveja que é muito mais barata na referida República.

PCP e BE falam na reestruturação da dívida, o que não se faz às ordens de qualquer governo, mas por via da colocação de dívida a juro mais baixo para pagar vencimentos de dívida a juros altos. Isso até está a ser feito pelo governo atual porque Draghi deu garantias aos bancos que compraria toda a dívida pública que queiram vender. E o BCE prometeu devolver os juros pagos no ano seguinte ao do pagamento, pelo que as dívidas podem vencer verdadeiramente um juro de 0%. A Merkel não se opôs porque não quer duas Grécias ao mesmo tempo. Claro, isso será feito se não houver abusos e for respeitado o tratado orçamental. Permitir o aumento da dívida de qualquer maneira só para ganhar eleições pode o PCP e o BE quererem, mas não será solução. A dívida atual é demasiado alta para poder crescer muito mais e cresceu bem nos quatro anos de governo da direita que não pode pretender que encontrou qualquer solução para o País.

Repare-se que um défice de 3% sem crescimento igual corresponde a um aumento da dívida em mais de 30% ao fim de 10 anos que passam num instante.



publicado por DD às 19:20
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Dieter Dellinger: REESTRU...

Salário Médio dos Portugu...

Putin: O primeiro Czar de...

CADERNOS DE E CONOMIA Nº ...

Dieter Dellinger escreve:...

Dieter Dellinger: Origem ...

Aneuploidia Mutante

Macron quer uma Nova Euro...

O AfD é um partido da con...

Dieter Dellinger: O jorna...

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds