Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Terça-feira, 12 de Janeiro de 2016
Quercus contra a Arborização de Lisboa

 

 

A Conferência Mundial do Ambiente que recentemente teve lugar em Paris e reuniu mais de uma centena de países recomendou a arborização de todas as cidades do Planeta e, bem assim, taludes de estradas e autoestradas e campos livres, rotundas, etc.

Na China, o processo de arborização começou e todos os cidadãos possuidores de varandas devem ter plantas nas mesmas e, mesmo em casa. Muitos chineses estão a libertar-se de certos móveis para colocarem plantas. A única maneira de lutar eficazmente contra o aquecimento global é no imediato tornar a Terra mais verde sem criar bosques muito densos em climas de verão seco quando tudo arde e produz mais CO2. Curiosamente, a Quercus do Ferreira está contra a arborização de 2ª Circular, o que é incompreensível ou antes entende-se por facciosismo político. O homem é só ecologista quando nada é feito pelo clima, mas se for o PS a plantar, nem que seja uma árvore, o aldrabão está contra. O automóvel é um elemento poluidor extremo e não só por produzir CO2, mas também pelas partículas sulfurosas e óxidos de azoto provenientes da combustão de gasóleos e gasolinas e não se fica por aí. Os travões e as embraiagens são poluidores porque o desgaste das pastilhas e discos emite partículas quase microscópicas que se alojam nos pulmões, reduzindo a capacidade respiratória dos cidadãos urbanos e, provavelmente, com efeitos oncológicos. É preciso ser uma BESTA anti-ecológica para ser contra a arborização de todas as cidades do Planeta, mas de todas. Eu próprio tenho na minha varanda quatro "mundos" ecológicos, pois cada árvore é um mundo, e tenho quatro Cedros que atingem já quase três metros de altura. Tratam-se de árvores da família das pináceas sempre verdes com cones eretos e folhas persistentes, sendo, como tal, as mais indicadas para o meio urbano.

A árvore na cidade, e não só, é uma máquina viva que que purifica, filtra e humedece sem descanso a atmosfera, baixa a temperatura dos bairros sufocantes e reduz os ruídos. Um espaço arborizado de 50 x 100 m reduz a temperatura ambiental em mais de 3ºC. Um hectare arborizado fixa em média 50 toneladas de poeiras por ano ao mesmo tempo que efectua uma depuração bacteriana ativa, fixa gases tóxicos e liberta quase 10 toneladas de oxigênio.

A Conferência Mundial do Ambiente recomendou a arborização de todas as cidades do Planeta e, bem assim, dos espaços disponíveis ao longo de estradas autoestradas e campos livres.

Na China, o processo de arborização começou e todos os cidadãos possuidores de varandas devem ter plantas nas mesmas e, mesmo em casa. Muitos chineses estão a libertar-se de certos móveis para colocarem plantas.

A única maneira de lutar eficazmente contra o aquecimento global é no imediato tornar a Terra mais verde sem criar bosques muito densos em climas de verão seco quando tudo arde e produz mais CO2.

Curiosamente, a Quercus do Ferreira está contra a arborização de 2ª Circular, o que é incompreensível ou antes entende-se por facciosismo político. O homem é só ecologista quando nada é feito pelo clima, mas se for o PS a plantar, nem que seja uma árvore, o aldrabão está contra.

O automóvel é um elemento poluidor extremo e não só por produzir CO2, mas também pelas partículas sulfurosas e óxidos de azoto provenientes da combustão de gasóleos e gasolinas e não se fica por aí.

Os travões e as embraiagens são poluidores porque o desgaste das pastilhas e discos emite partículas quase microscópicas que se alojam nos pulmões, reduzindo a capacidade respiratória dos cidadãos urbanos e, provavelmente, com efeitos oncológicos.

É preciso ser uma BESTA anti ecológica para ser contra a arborização de todas as cidades do Planeta, mas de todas.

Eu próprio tenha na minha varanda quatro "mundos" ecológicos, pois cada árvore é um mundo, e tenho quatro Cedros que atingem já quase três metros de altura. Trata-se de árvores da família das pináceas sempre verdes com cones eretos e folhas persistentes, sendo, como tal, as mais indicadas para o meio urbano.

A árvore na cidade, e não só, é uma máquina viva que purifica, filtra e humedece sem descanso a atmosfera, baixa a temperatura dos bairros sufocantes e reduz os ruídos.

Um espaço arborizado de 50 x 100 m reduz a temperatura ambiental em mais de 3ºC.

Um hectare arborizado fixa em média 50 toneladas de poeiras por ano ao mesmo tempo que efetua uma depuração bacteriana ativa, fixa gases tóxicos e liberta quase 10 toneladas de oxigênio.

 

Efetivamente, o Presidente Medina explicou bem qual o seu projeto que tem sido deturpado por verdadeiros assassinos por razões políticas.

 

Medina, que falava numa conferência dedicada ao plano "Pavimentar Lisboa", programa ao abrigo do qual se encontra a remodelação da Segunda Circular, referiu: "Há aqueles que não leram o projeto e criticam aspetos que não estão lá", exemplificando com a redução de faixas, alteração da largura das vias ou a criação de ciclovias - apenas o segundo caso, já existente, irá registar alargamento a outras zonas.

Rejeitando a ideia de tornar a Segunda Circular numa avenida, o autarca reforçou a questão de esta permanecer como estrada viária para servir automóveis, Fernando Medina apontou: "Queremos que sirva a melhoria da qualidade de vida da cidade, mas não vão circular pessoas, nem haverá lojas ou parques infantis."

Recorde-se que a autarquia apresentou uma proposta no sentido de tornar a Segunda Circular numa via mais segura, incluindo redução da velocidade máxima de 80 para 60 km/h, árvores nas zonas laterais e outras alterações orçadas em 9,75 milhões de euros, estando a conclusão do plano prevista para 2017.Efetivamente, o Presidente Medina explicou bem qual o seu projeto que tem sido detrupado por verdadeiros assassinos por razões políticas.

Medina, que falava numa conferência dedicada ao plano "Pavimentar Lisboa", programa ao abrigo do qual se encontra a remodelação da Segunda Circular, referiu: "Há aqueles que não leram o projeto e criticam aspetos que não estão lá", exemplificando com a redução de faixas, alteração da largura das vias ou a criação de ciclovias - apenas o segundo caso, já existente, irá registar alargamento a outras zonas. Rejeitando a ideia de tornar a Segunda Circular numa avenida, o autarca reforçou a questão de esta permanecer como estrada viária para servir automóveis, Fernando Medina apontou: "Queremos que sirva a melhoria da qualidade de vida da cidade, mas não vão circular pessoas, nem haverá lojas ou parques infantis." Recorde-se que a autarquia apresentou uma proposta no sentido de tornar a Segunda Circular numa via mais segura, incluindo redução da velocidade máxima de 80 para 60 km/h, árvores nas zonas laterais e outras alterações orçadas em 9,75 milhões de euros, estando a conclusão do plano prevista para 2017.

 

 

 



publicado por DD às 18:08
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Faaleceru o HOMEM da Libe...

Paulo Silva – O Caçador d...

A Europa tem Medo dos Muç...

Dieter Dellinger: Estalin...

Dieter Dellinger: Portuga...

Dieter Dellinger: A Obesi...

Trump vai nomear um Gover...

Dieter Dellinger copiou: ...

Arnaldo Matos acerca de G...

Dieter Dellinger copiou d...

arquivos

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds