Jornal Socialista, Democrático e Independente dirigido por Dieter Dellinger, Diogo Sotto Maior e outros colaboradores.
Domingo, 12 de Março de 2017
Schäuble quer Dominar a Europa

 

 


A Alemanha registou três anos de saldos positivos nas suas contas púbicas, totalizando 26 mil milhões de euros que não são gastos em reduções de impostos, crescimento da economia, etc.


O objetivo de Schäuble é criar um Fundo Monetário Europeu para onde devem transitar as verbas e dívidas dos estados europeus que formam o capital europeu do FMI acrescidas de uma importante participação alemã.
Este FME deverá substituir o Mecanismo Europeu de Estabilidade e o Fundo de Estabilidade Financeira Europeu que já é dirigido pelo alemão Regling, amigo de Schäuble, por uma razão muito simples. Nestes organismos financeiros ou outros da União Europeia as decisões são tomadas por consenso, enquanto no Fundo Monetário Internacional e, provavelmente, no europeu os votos são função do capital depositado. Sendo a Alemanha a maior nação europeia com o maior PIB e possuidora de saldos vultuosos, a ministro das Finanças alemão, Schäuble ou outro qualquer, teria o poder total sobre a União Europeia com especial incidência nos estados deficitários.


Schäuble pensa ficar no poder depois das próximas eleições que começam a dar alguma vantagem ao SPD de Martim Schulz, mas com pouca probabilidade de obter uma maioria absoluta, pelo que a coligação atual (CDU/CSU/SPD) se manteria com Schäuble na qualidade de eterno ministro das Finanças da Alemanha e até de toda a União porque o Fundo Monetário Europeia iria abranger as nações que não usam o euro como acontece em parte com os Fundos de Estabilidade Europeia.


De alguma forma, o novo FME iria impedir o Banco Central Europeu de comprar dívidas de nações europeias que o tratado de Lisboa proíbe expressamente, mas que foi contornado por Draghi através da “porta do cavalo”, isto e, pela compra dos títulos públicos a bancos e fundos privados, dado que uma das missões de qualquer banco emissor é ceder liquidez a curto prazo que tem sido um pouco alargado sem garantias ou com a garantia dos títulos de dívida.


O FME passaria a ditar as taxas de juro e os valores a emprestar aos diferentes países da União que deveriam obedecer a uma espécie de “Nova Ordem” germânica porque os votos das pequenas nações não contariam para nada. Iria emitir títulos de dívida europeus para se capitalizar e emprestar às nações que o requeiram, não havendo lugar a emissões para compra de dívida e oferta aos diferentes bancos centrais como fez o BCE e que Carlos Costa não quer devolver ao acionista Estado o serviço de dívida pago ao seu banco pelo mesmo Estado
O principal opositor a este plano de Schäuble é o presidente da Comissão Europeia, Juncker, originário de um dos países mais pequenos da Europa, o Luxemburgo, que, apesar de rico, não teria um capital significativo no futuro FME.

 

 



publicado por DD às 23:56
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
29

30


posts recentes

Dívida Pública: Acordo BE...

Suicídio da Europa segund...

Marcelo Condecora Soares ...

Comissária Desconhecida q...

Produção de Automóveis

Défice de 2%

IMPOSTOS

Cronologia da PT deturpad...

Schäuble quer Dominar a E...

Euro ou "Bitcoins" Portug...

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2004

Maio 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds